top of page
  • Foto do escritorJuliana Iório

CONVERSAS NA CADEIRA DO DENTISTA ...do BRUXISMO ao hábito...


dentista, bruxismo de vigília, antidepressivos
Livro "O poder do hábito", Charles Duhigg, 2012

Hoje o assunto na consulta de ajuste da PLACA DE BRUXISMO foi sobre o livro "O poder do hábito", do autor Charles Duhigg (ex- reporter do New York Times), publicado em 2012.


O livro fala sobre a criação dos hábitos, e o quanto eles podem influenciar, positivamente ou negativamente a nossa vida.


É bem interessante! O livro mostra o caminho que podemos aprender a lidar e administrar essa ferramenta a nosso favor, obtendo mais sucesso, produtividade, saúde, bem estar, alterando pequenos hábitos, formando um efeito cascata de ações positivas.


Dentro da Odontologia, temos a influência dos hábitos na higiene bucal, e na parafunção como o APERTAMENTO ( também denominado "bruxismo de vigília" ), hábito atrelado ao estado emocional do paciente, que virá um escape de ansiedade e estresse.


Importante salientar, o BRUXISMO (noturno) não tem cura, mas podemos prevenir e proteger o paciente com eficácia de suas sequelas.


Outro fator que deve-se dar atenção, o BRUXISMO de vigília pode se intensificar COM O USO DE ALGUNS MEDICAMENTO ANTIDEPRESSIVOS (inibidores seletivos de recaptação de serotonina que atuam no cerébro regulando o humor): citalopram, escitalopram, fluxetina, fluvoxamina, paroxetina e sertalina. Essas medicações também podem provocar a queda da produção salivar (xerostomia - sensação de boca seca) o que facilita a alteração da microbiota oral, facilitando o desenvolvimento de doenças bucais, como cárie dentaria, gengivite, doença periodontal e candidíase oral.


Portanto, recomendamos aos pacientes que utilizam essas medicações, que busquem orientação de um dentista para prevenção e proteção de seu sorriso!


HÁBITOS MELHORES, MELHOR QUALIDADE DE VIDA E MAIS PREVENÇÃO!

Dra Juliana Iório Cabrita

crosp 75036


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page